*Poesia Nossa de Cada Dia*

De fato há caminhos fechados
matizes perpendiculares desbragados.
Há palavras asfixiadas,
no nó da garganta esperançosa
que felizmente não se calam!
-em curvas de perplexidade-
Grande é a poesia que ilumina e interroga!

Miguel Eduardo- & Karinna*

No fim das águas, aberta a cascata o céu mede
Cúmplice náufrago dessa fome que me nutre os passos
No horizonte a poesia em sede como soluços
Na pétala desbragada do verso colho-me cada grito-
em concha de poema urgente-... que palpita!

Karinna* & Miguel Eduardo



domingo, 16 de maio de 2010

-como Astro-Rei que vai para voltar-


-como Astro-Rei que vai para voltar-

Sob luas de veludo em céu de tule e breu
Estrelas fustigam sonhos e ideais
No seio da noite rompe amálgama de cores
O silêncio, era um linho branco, a carícia
Um estendal no olhar, cadentes amores ...

Sob prisma lúcido a aurora se aconchega
Afugenta a escuridão prateada
E o ouro do Sol tinge um segredo
A música rebrilha em tons róseos
Mais um dia nasce no peito...

Cósmico o corpo na harmonia azul do mundo
Noite ou dia, crença ou sofisma
Na placidez morna a esperança se instala
Há um sonho a cochilar na bruma
A usura do tempo recita uma fala.

Karinna*



3 comentários:

Miguel Eduardo Gonçalves disse...

Estou no hora em que descansa deste lado do mundo o Sol, e é uma dádiva da natureza poder herdar momento assim, do dia que se desliga da claridade sob um volume imenso de beijos do céu!
Ah, não posso deixar de falar de um furacão, redemoinho de sonhos lindos que vêm em cada palavra desse poema que me invade como súplica... Doce azul noturno de uma alma de luz verdadeira, farol do centro do olhar!
BjK

Veronica de Nazareth-Noic@ disse...

Karinna Luz - Miguel Miosótis...
e assim florescem num turbilhão ameno, tantos sentires que vocês conseguem mais do que escrever, inscrever, tocando a alma profundamente.
Belíssimo o novo espaço de vocês! Estão de parabéns e desejo que aqui seja mais um "altar" poético, para quem realmente mais do que lê, sente/vive a poesia na essência.
Beijo de Luz, nos dois.
Veronica de Nazareth-Noic@

Nadja Ramalho disse...

Ficou belíssimo esse blog com a junção de inspiração desses dois abençoados poetas.
Desejo de coração todo sucesso para vocês.
Estou aquí lendo e torcendo.
Deus continue os abençoando.
Beijos mil no coração dos dois.